porLucas Rufatto

Migração Modershop

 

Para realizar a migração de produtos para o Modershop, o primeiro passo é Preencher a planilha de importação de produtos, realize o download clicando aqui.

Print da planilha de migração

Muito Importante salientar que a planilha tem que ser exatamente como disponibilizamos, em formato .CSV e com exatamente os mesmos nomes nas colunas.

O preenchimento de todas as colunas é Obrigatório, com exceção  da coluna “codigo_barras”, que depende do produto possuir ou não.

Tendo ela preenchida, podemos ir ao ambiente Modershop, e importa-la, pelo seguinte caminho:

Primeiro acesse o menu configurações do Shop, e no sub-menu “Geral” clique em importação de dados

Ao clicar em importação de dados, será direcionado para a tela de importação aonde terá a opção de arrastar o documento preenchido ou clicar no centro da tela, e navegar nas pastas do computador para selecionar o mesmo

Após selecionar o arquivo e confirmar o mesmo, o sistema vai carregar a planilha que preencheu, e exibir para você as informações(O print abaixo mostra um exemplo)

Após conferir os dados, basta clicar no botão “importar” no canto inferior direito da tela

Após clicar em importar, o processo de migração dos dados se dará inicio.

 

Migrar Produtos do Moderniza Loja Para o Modershop

Para realizar o processo de migração Loja -> Shop, preparamos um script no banco de dados do loja que retorna as informações para preenchimento da planilha, o mesmo pode ser baixado clicando aqui.

Com ele baixado, basta rodar o mesmo no banco Lojamix para extrair as informações de preenchimento da planilha. Caso não saiba como rodar um script temos uma manual que explica o processo, pode acessar ele clicando aqui

Dica: Ao rodar o comando, se clicar no “quadrado branco” no canto superior direto do retorno da consulta, o sql seleciona tudo que ele retornou, restando assim apenas dar um “Control + C” no SQL e um “Control + V” na planilha de migração.

porLucas Rufatto

Como rodar um Script no SQL

Para auxiliar em casos de suporte e migração, quando encaminhamos scripts prontos. O processo para roda-los é o seguinte:

Primeiramente abra o SSMS (SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO) , Caso não tenha ele em seu computador, pode realizar o download clicando aqui.

Ao abrir ele, terá que se conectar na instância do sql aonde se encontra o banco de dados Lojamix, o padrão de instalação do sistema é “.\MODERNIZA”

Ao clicar em conectar ele vai abrir no menu lateral esquerdo, os blocos de informações contidos dentro desta instância, e com isso teremos que encontrar o nosso banco de dados, que fica dentro da pasta “Banco de dados”

Clique com o botão direito no Banco desejado, e em seguida em “Nova consulta”

Ao clicar em nova consulta, ele abrirá a direita, uma tela aonde poderá realizar scripts bem como colar os disponibilizados pelo suporte ou por outros manuais do moderniza conteúdo

Dica:  A tecla de atalho do teclado para rodar o script é o “F5”

 

porLucas Rufatto

Erro ao atualizar Windows 7 – Código 80072EFE

Caso ao atualizar uma maquina Windows 7 e o erro apresentar for o 80072EFE, como na imagem abaixo:

A única forma de conseguir dar continuidade a atualização, é baixando o complemento do pacote Microsoft KB3138612, download disponíveis nos seguintes links:

 

32 bits – clique aqui

64 bits – clique aqui

 

Após a instalação, reinicie a maquina e tente atualizar novamente o windows pelo windows update.

porLucas Rufatto

Rejeição 707 – NFC-e para operação interestadual ou com o exterior

Quando for emitida uma NFC-e para uma Operação Interestadual (idDest = 2) ou Operação com o Exterior (idDest = 3) será retornado a rejeição “707 – NFC-e para operação interestadual ou com o exterior”.

Neste caso em Operações acobertadas por NFC-e, é permitido apenas que sejam Estaduais (idDest = 1), ou seja, estaduais. Para Operações Interestaduais ou com o Exterior, opte pela emissão de uma NF-e (modelo 55). Para corrigir a NFC-e, deve-se informar a Operação como Estadual.

Para isso a nota deve ter alguns pontos a serem verificados:

  • NOP (CFOP) – iniciada por “5”, exemplo: 510201 (O que indica que é para dentro do estado)
  • Índice de presença caso “Presencial” marca abaixo da seleção da entidade a opção “cliente final”, caso não marcado vai ocorrer a seguinte rejeição.
porLucas Rufatto

Rejeição 716 – NFC-e em operação não destinada a consumidor final

Quando for emitida uma NFC-e e a Operação não ocorrer com Consumidor Normal, ou seja, o campo <indFinal> = – “Consumidor Normal”, será retornado a rejeição “716 – NFC-e em operação não destinada a consumidor final”.

Isto dentro do sistema ocorre, quando o índice de presença da nota está “operação presencial”(Em verde) e não está marcado “consumidor final”(Em vermelho), como no print abaixo:

Com isso dito, marque a opção “consumidor final” e a nota será emitida com sucesso.

porLucas Rufatto

Rejeição 486 – Não informado o Grupo de Autorização para UF que exige a identificação do Escritório de Contabilidade na Nota Fiscal

Quando for emitida uma NF-e e a Sefaz exigir que seja informado no Grupo de Autorização para obter o XML (autXML) a identificação (CNPJ ou CPF) do Escritório de Contabilidade e o grupo em questão não for informado, será retornado a rejeição “486 – Não informado o Grupo de Autorização para UF que exige a identificação do Escritório de Contabilidade na Nota Fiscal”.

Como resolver:

Dentro da tela de emissão de notas, na lateral direito, temos um campo dedicado para informar o cnpj do contador do cliente.

Como mostra na própria mensagem de rejeição da sefaz, caso o cliente não tenha contador, deve-se informar o cnpj da sefaz da bahia.

CNPJ sefaz bahia: 13.937.073/0001-58

Tendo o cnpj do contador ou da sefaz em mãos, apenas preencher o campo destacado no print a cima, e clicar em incluir, e emitir a nota!

 

Dica para não precisar ficar realizando essa operação em todas as notas:

Para evitar transtornos e repetição destes passos no sistema, criamos a seguinte maneira de automatizar o processo. Caso dentro do sistema, haver uma entidade cadastrada como “Contador” o sistema já vai vincular automaticamente o CNPJ a nota fiscal. Para isso, mesmo que o cnpj seja o da bahia, basta apenas cadastrar a entidade com este campo marcado:

Desta forma o processo ficará mais prático.

porLucas Rufatto

Como migrar via planilha em uma base que já tem cadastros manuais

Quando se preenche uma planilha de importação de dados, com intuito de migra-la em uma base de dados que já tem informações, tem que ser tomados alguns cuidados que vão ser listados a seguir.

Primeiramente temos que entender que no banco de dados do sistema moderniza, algumas tabelas, como a de produtos, entidades e hierarquias, tem uma coluna a mais, chamada “código de importação”, caso você já tenha migrado uma planilha em uma base zerada, já deve conhecer a mesma.

Como no exemplo a cima ( Planilha de migração de entidades ) temos uma coluna para o código de importação e outra para o id do produto, que normalmente são preenchidas com a mesma informação. Porém essa coluna de código de importação só é preenchida no banco se for migrado por planilha, caso os cadastros tenham sido feitos de forma manual por dentro do sistema, essa coluna será inteira preenchida com um valor NULO.

Nosso migrador de dados pega como base para a migração o código de importação e não o ID do cadastro, logo se não temos ele no nosso banco de dados, como fazemos para migrar?

O processo é simples, mas caso não tenha conhecimento em SQL, pode acionar nosso time de suporte para que possamos lhe auxiliar no processo! Primeiramente abrindo o banco de dados pelo SSMS, deveremos rodar os seguintes script’s:

  1. update entidade set codigo_importacao = id_entidade
  2. update produto set codigo_importacao = id_produto
  3. update hierarquia_produto set codigo_importacao = id_hierarquia_produto

Após rodar os scripts a cima, todos os códigos de importação principais do sistema, ficaram igual aos id’s no mesmo, com isso poderá preencher qualquer coluna das planilhas com inicio “ci” com o id localizado dentro do sistema. abaixo um exemplo de coluna para preenchimento desta forma:

 

Recomendamos que sempre que for fazer este tipo de processo, primeiro faça com um backup da base de dados e outra maquina, e nunca primeiramente em um ambiente que está em produção.

 

porLucas Rufatto

Planilha de migração de produtos

Neste Post será abordado dicas de preenchimento da planilha de migração de Produtos.

1ª – Coluna operação: Como ela requer muito cuidado no uso, temos um manual somente para ela, acesse clicando aqui.

 

2ª- Dicas sobre as questões de pontuação e caracteres especiais:

  • Nas colunas de preço (venda, atacado, varejo e aquisição) são aceitos tanto ponto quanto vírgula como separador decimal
    • Logo aceitamos 10,00 ou 10.00 (OBS: tem que ser apenas o número sem cifrão, não é aceito algo como: R$10,00)
  • O campo NCM deve ser preenchido sem os pontos separadores, ou seja:
    • Correto: 99999999
    • Incorreto: 9999.99.99

3ª – Colunas VERMELHAS :

As colunas vermelhas só existem nessa planilha, elas indicam que se uma for preenchida todas as outas vermelhas devem também ser preenchidas. As colunas envolvidas são a de estoque :

  • Estoque inicial: Literalmente o valor de estoque que o produto vai ter inicialmente (é adicionado a variação DIVERSOS)
  • Local de estoque: Local aonde será armazenado o estoque, se o cliente tiver mais de uma, deve ser previamente criado dentro do sistema os demais, caso só tenha um, o sistema já vem com um local de estoque criado, estão basta preencher com UM em numeral(1)
  • Endereço de estoque: Endereço aonde será armazenado o estoque, apenas se o cliente utilizar essas função no sistema, o sistema já vem com um endereço de estoque criado, estão basta preencher com UM em numeral(1)

 

4ª- Os campos da planilha que iniciam com “Ci_” se referem ao código de importação das outras planilhas migradas, como o exemplo a seguir:

Deve-se preencher a coluna a cima com o código de importação do fornecedor ( que normalmente é igual ao id ) e não com o nome dele por extenso:

Correto: 1

Incorreto: Fornecedor da Cidade

 

 

 

 

 

 

porLucas Rufatto

Erros comuns e Requisitos para usar o Importador de dados

 

OBS: As planilhas disponibilizadas pela moderniza para migração deve ser utilizadas exatamente como estão, ou seja, não devem adicionar colunas, remover colunas, mudar nome do colunas ou mudar o nome da planilha

 

São necessárias alguns pontos para que o migrador funcione de forma correta:

1ª – Deverá ter instalado na Maquina o Microsoft Access Database, você pode baixar ele clicando aqui.

  • Caso não tenha ele baixado, ao importar vai ocorrer este erro:

 

2ª – As extensões aceitas pela migrados são: XLS e XLSX , qualquer outra extensão o migrador não aceita, logo não vai migrar.

 

3ª – Sempre que há atualização do sistema, pode ser que tenhamos efetuado atualizações no migrador para que ele fique mais completo, com isso, novas colunas são adicionadas as planilhas, então é necessário que sempre tenha elas na ultima atualização, você pode baixa-las clicando aqui.

Caso esteja com uma planilha antiga, e tente importar na nova versão do sistema, o próprio migrador, retorna um erro de falta de colunas:

 

Neste caso acima, ele indica que não foi encontrado uma coluna com nome “dias_validade” que foi adicionada em uma versão mais recente do sistema, logo terá que fazer o download das planilhas mais atuais e preenche-las.

 

4ª- Caso ocorra o erro do print a baixo:

 

Isto mostra que foi mudado o nome de uma das planilhas de dentro do Excel, o download no nosso site já é encaminhado com a forma correta, mas caso necessite, no próprio erro mostra que o nome da planilha tem que ser “entidades”, lembrando que é o nome da planilha interno, como mostra no print a baixo, e não o nome do arquivo Excel:

 

Caso tenha qualquer outro nome sem ser o original da Planilha, vai correr o erro mencionado anteriormente.

 

5ª- O erro apresentado na seguinte imagem, pode ocorrer em todas as planilhas e é causado por alguns motivos, que estão listados a seguir:

  •  O banco de dados que vai receber as informações da planilha, está incorreto, verifique no rodapé do migrador, se o banco indicado é realmente o que deve receber as informações.
  • Alguma coluna da planilha foi preenchida de forma incorreta, como números em colunas que aceita apenas letras, caracteres especiais e etc, com isso verifique o preenchimento das planilhas.
  • Os id’s ou códigos de importação informados na planilha já existem dentro do banco de dados

 

 

 

 

 

 

 

porLucas Rufatto

Planilhas de Documentos a Pagar e a Receber

Neste Post será abordado dicas de preenchimento das planilhas de migração de Documentos a pagar e a receber!

 

Ambas as planilhas são muito parecidas quanto a preenchimento, então aqui vão algumas dicas que servem para preenchimento das duas:

1ª – Os campos data, devem ser preenchidos separados por barra “/” e com o ano completo, exemplos:

Correto: 12/03/2021

Incorreto: 12032001

Incorreto: 12/03/21

 

2ª – Um dos campos mais importantes destas planilhas é a coluna “cnpj_filial”, mesmo que o cliente tenha apenas uma filia, deve ser informado o cnpj exatamente igual ao que está no cadastro da filial dentro do sistema, lembrando que o cnpj deve ser preenchido sem caracteres especiais, exemplo:

Correto: 10444470000106

Incorreto: 10.444.470/0001-06

 

3ª – Diferença entre as colunas de Valor e Saldo:

valor: Valor total do documento a receber, valor cheio do documento.

Saldo: Quanto ainda tem em aberto do documento, normalmente quando é um documento em aberto o valor e o saldo são iguais.

 

OBS: Lembrando que para migrar um documento já parcialmente quitado, esse valor já pago, deve ser migrado pela planilha de “Modelo_importacao-lancamentos_documentos_receber” e “Modelo_importacao-lancamentos_documentos_pagar”

 

4ª – Qual dos três campos preencher para vincular a entidade ao documento?

 

Como na imagem a cima, hoje possuímos três campos para referenciar a entidade ao documento, mas qual dos três devemos preencher?

Deve-se preencher apenas um dos 3( lembrando que os clientes devem estar previamente cadastrados no sistema para que sejam anexados ao documento), o que o migrador faz é procurar a entidade no banco de dados, por uma dessas três referencias preenchidas, lembrando que cod_importacao_entidade só vai existir caso também tenha migrado as entidades por planilha, caso o cadastro tenha sido feito manualmente, terá que preencher um dos outros dois campos.