porFelipe Buzacchi

Programa de migração de clientes

O programa de migração de clientes para o Grupo Moderniza foi criado com o objetivo de ajudar o parceiro a fazer o processo de migração de novos clientes para o Grupo Moderniza, executando algumas etapas que facilitarão o processo pelo lado do parceiro.

Através deste processo nós ajudaremos o parceiro com migração de banco de dados e algumas instalações e configurações iniciais. Veja abaixo as etapas e os requisitos para este processo:

 

Programa de migração de clientes:

 

  1. Negociação comercial
    • Alinhar junto ao departamento comercial da Moderniza como será o processo de migração, quantidade de clientes, prazos, entre outras questões comerciais
  2. Definição de cronograma
    • Agendar junto a equipe de suporte um dia e horário para fazer o processo
    • Fazer o mesmo processo para cada cliente
  3. Envio das informações
    • Abrir um chamado (ticket) de suporte com as informações necessárias:
      • Backup de banco de dados (enviar em link para download, preferencialmente compactado)
      • Quais informações disponíveis no migrador gostaria de realizar a migração
      • Dados do cliente:
        • CNPJ
        • Razão Social
        • Locais de Estoque (caso for migrado)
  4. Implantação no cliente
    • Chamar no chat de suporte no dia e horário agendado
    • Passar acesso remoto ao servidor
    • Informações que serão configuradas:
      • Instalação do sistema Administrativo no servidor (sistema + banco de dados)
      • Implantação do banco de dados com os dados migrados
      • Configuração para acesso via rede (para terminais e PDV poderem acessar o servidor)
    • De responsabilidade do parceiro:
      • Providenciar as informações necessárias
      • Deixar o computador servidor apto para as instalações
      • Avaliar junto ao cliente a infraestrutura necessária
      • Fazer as outras instalações e configurações necessárias (PDVs, periféricos, certificado digital, etc)
porFelipe Buzacchi

Fiscal: Configuração de MVA por NCM

A informação do MVA é imprescindível para o cálculo do ICMS ST quando se usa as CSTs 10 e 70 do ICMS.

Esta configuração do MVA é feita por NCM, e também apresentar valores diferentes por UF de origem e destino e origem do produto.

Para incluir informações de MVA por NCM, vá ao cadastro de NCM, selecione o NCM que deseja vincular os MVA e clique em “MVA (F5)”. Neste momento se abrira a a lista de MVAs cadastrados para este NCM. Para incluir um novo, basta clicar em “Incluir (F1)”.

NCM – MVA

MVAs por NCM

Cadastro de MVA por NCM

Também é possível acessar o cadastro de MVA por NCM pela tela de “Regras de tributação”. Neste caso, a tela irá abrir sem o NCM informado, e você poerá informar o NCM para ver a lista de MVAs cadastrados ou incluir novos para NCMs específicos.

MVA por NCM pela tela de regra de tributação

porFelipe Buzacchi

Biblioteca de etiquetas térmicas

Segue abaixo uma lista de vários modelos de etiquetas pré-prontas que podem ser usadas dependendo do modelo de impressora e linguagem:

IMPORTANTE: se tiver modelos prontos do etiquetas, envie as informações para o Grupo Moderniza para que possamos adicionar nesta biblioteca!

 

EPL

Aplicação: Elgin L42PRO e Zebra TPL2844

  • 3 Colunas simples: etiqueta de produto de 3 colunas com nome do produto, ID, código de barras e preço de varejo
  • 1 Coluna gôndola: etiqueta de gôndola de 1 colunas com nome do produto, código de barras e preço de varejo
porFelipe Buzacchi

FOOD: Configurações para pizzas

A configuração para utilização “divisão de pizzas” no Food deve seguir alguns passos, primeiramente no Moderniza Loja e após no Moderniza Food.

OBSERVAÇÃO: Para as explicações abaixo, usaremos o exemplo de uma pizzaria que trabalha com pizzas sabores calabresa, bacon e coração e  tamanhos pequeno, médio e grande

Configurações no Moderniza Loja

Primeiramente é necessário cadastrar os produtos e configurações dentro do Moderniza Loja. Este processo envolve o cadastro das hierarquias, produto e unidade de medida. Para isto, cada tamanho e sabor de pizza deve ser um produto diferente no cadastro.

Hierarquias:

Para poder dividir as pizzas no Food será necessário configurar hierarquias as quais as pizzas farão parte, e dentro desta hierarquia configurar em quantas partes os produtos contidos na mesma poderão ser divididos.

Para tanto, crie as hierarquias e no cadastro da mesa na aba “Configurações de comanda” e informar no campo “Quant. partes” em quantas partes os produtos dessa hierarquia poderão ser divididos no Food. Por exemplo se estiver 2 partes, ao lançar na comanda os produtos desta hierarquia poderão ser montados usando metade de cada produto.

Partes da hierarquia

DICA: coloque todas as pizzas que podem ser “montadas” com partes dentro de uma mesma hierarquia.

Para o nosso exemplo, poderíamos cadastrar uma hierarquia geral chamada “Pizzas”, e mais 3 hierarquias filhas com os tamanhos, por exemplo “Pizza pequena”, “Pizza média” e “Pizza grande” com a quantidade de partes em que as mesmas podem ser montadas.

Exemplos de hierarquias para pizza

Produto e unidade de medida:

Para o cadastro de produto, cada tamanho e sabor deve ser um cadastro de produto diferente. Para o nosso exemplo serão 9 produtos cadastrados (Pizza calabresa pequena, Pizza calabresa média, pizza calabresa grande, pizza bacon pequena etc), cada um com suas configurações e preços de venda.

No caso de a pizza poder ser dividida em partes, a configuração da unidade de medida do produto deve ter ao menos 2 casas decimais para ser possível “fracionar” a quantidade ao lançar. Se a pizza for cadastrada com uma unidade de medida sem casas decimais (unitário ou peça por exemplo) não será possível fracionar ao lançar, mesmo que a hierarquia esteja configurada para partes. Neste caso a pizza será lançada como inteira.

DICA: sugerimos cadastrar uma unidade de medida com 2 casas decimais especificamente para pizzas.

Unidade de medida pizza

Cadastro de produto pizza

Utilização no Moderniza Food

Após as configurações no Moderniza Loja, é possível usar o fracionamento de pizzas no Moderniza Food. Para fins de demonstração aqui utilizaremos o lançamento de comandas, mas para o Delivery o funcionamento é exatamente o mesmo.

Caso selecione uma pizza informando o código ou nome pelo campo de consulta, a pizza será lançada integralmente (uma pizza inteira).

Para lançar “partes” de uma pizza, navegar pelas hierarquias até chegar na hierarquia desejada. Caso a hierarquia esteja configurada para selecionar partes, logo abaixo das pizzas disponíveis naquela hierarquia aparecerá as partes selecionadas com seus detalhes, e quantas partes faltam selecionar. Para selecionar uma parte, basta selecionar o produto normalmente clicando sobre ele. A cada seleção a seção de partes selecionadas será atualizada. Após selecionar todas as partes necessárias para formar uma pizza inteira, a combinação das partes será lançada na comanda.

Na seção de partes também é possível excluir alguma parte antes de lançar (clicando no X vermelho da primeira coluna), ou se só houver uma parte lançada é possível lançá-la como “inteira” clicando no botão azul.

Ao lançar o item o mesmo aparecerá na lista de itens da comanda com toda a descrição de sabores, quantidade e partes selecionadas.

Podem ser lançadas quantas partes forem necessárias de uma mesma pizza forem desejadas para fechar um todo. Por exemplo se sua hierarquia permitir a divisão em 3 partes, e o cliente quiser 2 de calabresa e 1 de bacon, basta selecionar 2 vezes a pizza de calabresa e 1 vez a de bacon.

IMPORTANTE: o valor total da pizza será lançado de acordo como o valor individual de cada parte multiplicado pela quantidade da parte no total selecionado.

Lançamento de pizzas na comanda

lançamento de pizza no celular

porFelipe Buzacchi

Toledo – Balança de etiquetas

A configuração para o Sistema Moderniza reconhecer códigos de barras de balanças compreende 3 etapas:

  1. Cadastro e configuração de produtos: os produtos do sistema devem ter as informações necessárias preenchidas na aba “Informações nutricionais”, principalmente a opção “Enviar balança” (se não estiver marcada não será enviado para a balança
  2. Exportar dados de produto para a balança: os dados de produto serão exportados no formato padrão da balança selecionada (conforme este link)
  3. Configurar as informações de Identificador de produto pesável (número que o código de barras da balança inicia, geralmente 2), tamanho do código do produto na balança (4, 5 ou 6 caracteres) e tipo de informação (peso ou preço). Estas informações devem ser as mesmas configuradas na balança (ver neste link na parte de integração com balança como configurar no sistema)
  4. Fazer carga do arquivo gerado pelo sistema para a balança

DICA: o vídeo deste link tem todos os detalhes de como instalar, configurar e fazer carga na balança usando o MGV6 da Toledo.

Dependendo do modelo da balança pode ser usado o MGV5 (versão antiga) da Toledo. Abaixo detalhes de como usá-lo:

Toledo MGV-5

  Para gerar os dados para integração com o programa MGV-5 da Toledo deve-se seguir os seguintes passos.

  1. Acessar o menu Loja > Configuração e ajustar conforme a imagem Configuração:MGV5: TOLEDO do Brasil
    toledo_1

    Configuração: MGV5:TOLEDO do Brasil

     

  2. Criar um departamento pelo menu Loja > Departamento com as informações:
    1. ID 1 e Descrição “Departamento”.
    2. toledo_2
  3. Menu Arquivos  > Manipulação de arquivos e selecionar a opção “Arquivo de itens”
    1. toledo_3
  4. Caso não ocorra nenhum erro é possível visualizar os dados pelo ícone imprimir relatórios
    1. toledo_3
    2. toledo_4

 

porFelipe Buzacchi

Toledo – Balança de checkout

O sistema Moderniza tem integração coim balanças de “checkout” da Toledo (balanças de caixa) que utilizam o protocolo de comunicação “P05” da Toledo.

Para configurar a balança de checkout Toledo no sistema deve-se, primeiramente, instalar o driver da balança. Seguir os procedimentos do link abaixo para a instalação:

Após instalar o driver da balança, é necessário fazer a configuração do PDV e no Faturamento (caso necessário). Para detalhes de como configurar a balança no PDV acessar este link (aba “Balança”), e no faturamento acessar  este link (parte de “Integração com balança”).

IMPORTANTE: se a comunicação com a balança for por porta “COM”, é imprescindível que as configurações da porta no sistema estejam as mesmas da porta no Windows

Caso necessário, é possível utilizar o programa de teste para verificar se a comunicação com a balança está correta. Caso necessário usar o programa de teste abaixo (as DLLs são apenas para consulta, mas podem ser usadas caso necessário, colando na pasta c/Lojamix/Frente de Caixa ou c/Lojamix/Administrativo no caso do Faturamento)

IMPORTANTE: como citado, o protocolo de comunicação da balança deve ser o “P05”. Caso não seja, é necessário configurar na balança para este protocolo. No link abaixo há detalhes de como fazer esta e outras configurações.

porFelipe Buzacchi

Atalhos para PDV/Faturamento

  • Tela de Vendas

    • Teclas de função
      • F4: Consultar no campo de entrada de dados
      • F3: Fechar venda
      • F5: Cancelar item
      • F6: Descontos
      • F7: Recuperar operação
      • F8: Importar pré-venda
        • Shift+F8: Cancelar pré-venda
      • F9: Importar pedido de venda
      • F10: Cancelar operação / sair
      • F11: Menu “Outros” com várias funções adicionais
      • F12: Recebimento de parcelas
    • Funções adicionais
      • Campo de entrada de dados
        • @ : inserir ou consultar clientes
        • # : inserir ou consultar vendedor
        • * : Alterar quantidade
      • Alt+V: consultar lista de vendedores
      • Alt+C: consultar clientes
      • Alt+T: Consultar tabelas de preço
      • Alt+A: alterar entre preço de atacado e varejo
      • Alt+D: abrir consulta de dados de produto
      • Ctrl+A: consultar e recuperar operações
      • Apenas Faturamento:
        • Alt+E: emitir pedido pelo faturamento
      • Apenas PDV:
        • Ctrl+D: criar devolução
        • Alt+G: abrir gaveta manualmente
  • Tela de finalização de venda

    • Pagamentos
      • F1: pagar com dinheiro
      • F3: pagar com cheque
      • F4: pagar com saldo de vale crédito
      • F5: pagar com saldo de devolução
      • F6: pagar com cartão de crédito
      • F7: pagar com cartão de débito
      • F8: pagar com pendência (crediário)
      • F12: lançar ajuste (acréscimo) na operação
    • Funções
      • F2: retornar à tela de itens
      • F9 ou Ctrl+R: redefinir (limpar) todos os pagamentos lançados
      • Ctrl+D: aplicar desconto no subtotal da operação
      • F10: cancelar a operação
porFelipe Buzacchi

Dicas para utilização do PDV / Faturamento

A utilização das telas de PDV e Faturamento tem uma série de atalhos e ações que podem facilitar sua utilização. Seguem abaixo as principais dicas para utilização destas telas.

 

Dicas gerais

Campo de entrada de dados

Campo de entrada de dados

O campo de entrada de dados é o campo principal da tela, onde o cursor sempre estará posicionado por padrão. Este campo pode ser usado para inúmeras funções, como:

Identificar produtos:

Os produtos podem ser identificados através do campo de entrada de dados usando o ID do produto, código de barras, QR Code com códigos ou informando uma parte do nome.

Para informar o produto por ID, código de barras ou QR Code, basta informar a informação no campo e teclar “Enter”. Em caso de utilização de leitores, sugere-se configurar os mesmos para aplicar o “Enter” automaticamente após a leitura.

Para consultar o produto por uma parte do nome, pode-se apenas digitar uma parte do nome no campo de entrada de dados e teclar “F4”. Irá se abrir a tela de consulta de produtos já pré-filtrada com a informação digitada, e basta selecionar o produto com o mouse ou através das teclas de “para cima” e “para baixo” do teclado e teclando “F1” (selecionar).

DICA: Se for usar a opção de consultar pelo nome, não é necessário informar caracteres especiais como acentos, “ç”, etc. por exemplo, para pesquisar “calça” pode simplesmente informar “calca”, ou “agua” se o acento.

Informar produto por código

Informar produto por nome

Identificar Clientes

O campo de entrada de dados pode ser usado de forma semelhante a seleção de produtos para seleção de clientes de forma rápida. Para isso é usado o atalho “@”.

Pode-se selecionar um cliente usando @CPF ou @CNPJ (com ou sem os pontos, traços e barra) e teclando “Enter” (por exemplo @62862226181 ou @628.622.261-81), se souber o ID do cliente pode usar @ID e teclando “Enter” (por exemplo @9) ou consultar por uma parte do nome e teclando “F4” (por exemplo @pedro) e selecionando o registro na tela de consulta.

DICA: se usar a consulta por CPF/CNPJ, caso o cliente esteja cadastrado irá selecionar para a venda. Caso não esteja cadastrado, irá solicitar se deseja cadastrar ou apenas “usar na venda” (apenas informar o CPF/CNPJ na venda sem colocar os dados do cliente)

CPF/CNPJ na venda

Selecionar cliente pelo nome

Identificar vendedor

Para identificar o vendedor você pode simplesmente colocar “#nome do usuário” e teclar “Enter” (por exemplo #vendedor2) ou consultar usando “#nome do usuário” e teclando “F4” e selecionando o registro na tela de consulta.

Consultar vendedor

Alterar quantidade

A quantidade padrão utilizada é sempre 1, mas ela pode ser alterada utilizando o atalho “*”.

Para isso você poderá digitar “*quantidade” e teclar “Enter” (o campo quantidade deverá alterar para a quantidade informada) ou informar a multiplicação diretamente com “quantidade*código do produto” e teclando “Enter” ou usando o leitor após informar “quantidade*” (por exemplo 5*3001 + Enter para informar 5 unidades do produto código 3001).

DICA: use a opção de multiplicação direta apenas se for identificar o produto pelo código.

Alterar quantidade

Alterar quantidade por multiplicação

Cancelar item

Para cancelar um item, basta clicar no botão de cancelar item (atalho “F5”) e informar o número do item (primeira coluna da lista de itens) a ser cancelado

Importar pré-venda ou pedido de venda

Basta selecionar as opções de importar pré-venda (atalho F8) ou pedido de venda (atalho F9) e informar o número da pré-venda ou pedido de venda e teclar “Enter”.

Consultar dados de produtos

É possível consultar os dados de um produtos, como preços, promoção, estoque, etc antes de efetivamente lançá-lo na venda. Para isso, podes acessar o menu “Outros (F11) / Consultar dados de produtos (Atl+D)” e informar o código do produto e teclar “Enter”. Caso desejado pode-se inclusive selecionar este produto após a consulta utilizando o botão “Selecionar (F1)”.

Consultar dados de produtos

Dicas para recebimento

O recebimento de parcelas pelo PDV/Faturamento pode ser feito através do botão “Recebimento (F12)”. Nesta funcionalidade, deve-se identificar o cliente (pelo ID, pelo CPF/CNPJ ou pelo botão de consulta), e pode-se filtrar por mês/ano e por número de documento.

Para selecionar os documentos a pagar basta marcar o documento na coluna de seleção da lista (primeira coluna). O documento será quitado com os valores informados na lista, ou suar o botão “Inverter seleção” para selecionar todos.

Você também pode alterar os valores diretamente nas colunas de multa, juros e descontos, e os valores serão recalculados automaticamente. Você também pode digitar o valor a pagar na última coluna caso o pagamento não seja integral. Desta forma após o pagamento o documento continuará aberto com o saldo restante.

Os documentos que ficarem em “verde” na lista estão sendo pagos com o valor integral (totalmente quitado), e os que ficarem em “laranja” estão sendo pagos em um valor menor que o total, ficando um saldo em aberto.

Também é possível “pagar por valor” informando um valor no campo “Pagar por valor total”. Se informado um valor, este valor será usado para quitar todos os documentos que forem possíveis, do mais antigo para o mais novo.

Recebimento por mês e documento

Recebimento por valor

Recuperar operação

Tanto pelo PDV quanto pelo Faturamento é possível acessar a consulta de operações realizadas, bem como recuperar (criar outra operação com base na anterior).

Para acessar a consulta basta ir no menu “Outros (F11) / Consultar operações (Ctrl+A)” na tela de PDV ou faturamento ou digitar o atalho Ctrl+A. Pode-se usar os filtros necessários para identificar a operação desejada, e caso necessário recuperar basta utilizar o botão “Recuperar”, que uma nova operação será criada com base na selecionada.

Consultar operações

Atalhos para PDV/Faturamento

Alem dos atalhos usado no campo de “entrada de dados”, há uma série de outros atalhos do PDV para acessar funções importantes. Todos este atalhos estão descritos logo ao lado da função.

Clique neste link para verificar a lista de atalhos atuais disponíveis.

Funções exclusivas por módulo

Exclusivos para PDV:

  • Abrir gaveta (atalho Alt+G)
  • Lançar devolução de venda (atalho Ctrl+D)
  • Ativar contingência manual (para emissão de NFC-e)

Exclusivos para Faturamento:

  • Emissão de pedido de venda pela tela de faturamento (atalho Alt+E)
porFelipe Buzacchi

Parcelamentos

O cadastro de parcelamentos tem por intuito pré cadastrar e configurar parcelas para os meios de pagamento a prazo, que poderão ser utilizados nas mais diversas telas onde este tipo de pagamento pode ser feito. Seu cadastro pode ser cessado pelo menu Comercial / Parcelamentos.

Através da tela de parcelamentos pode-se ver os parcelamentos cadastrados, editar, excluir e criar novos.

Parcelamentos

Incluir/editar parcelamentos

Na tela de parcelamentos é possível colocar informações como nome do parcelamento(Descrição), se está ativo/inativo, os dias de prazo (tolerância/carência) para o início (irá acrescentar esta quantidade de dias em cada parcela) e o tipo de cálculo.

O tipo de cálculo funciona da seguinte forma:

  • Acréscimo simples: apenas acrescentará o percentual de acréscimo em cada parcela independentemente. Por exemplo, se o valor de cada parcela for R$ 10,00 e o percentual de acréscimo de cada parcela for 10%, o valor de cada parcela será de R$ 11,00 (R$ 1,00 de acréscimo em cada uma)
  • Acréscimo composto: o percentual de cada parcela irá incidir sobre o valor acumulado total até o cálculo desta parcela. Por exemplo, se o valor de cada parcela for de 10,00 e o percentual de acréscimo de cada parcela for 10%, a primeira parcela será R$ 11,00, e a partir da segunda o valor de cada parcela irá contemplar o acréscimo aplicado na anterior (a segunda será R$ 12,10 e a terceira será R$ 13,31).

Também é necessário cadastrar os parcelamentos e o eventual percentual de juros de cada parcela (que não é obrigatório).

Na aba “Filiais” é necessário marcar para quais filiais este parcelamento será aplicado, bem como se este parcelamento é “padrão” (será pré-selecionado automaticamente) para aquela filial.

OBSERVAÇÃO: ao incluir um parcelamento, todas as filiais são adicionadas automaticamente.

 

Aplicações do parcelamento

O parcelamento pode ser aplicado em todos os módulos que permitem pagamento, e apenas para pagamentos “a prazo”. Ao selecionar um parcelamento, o cálculo das parcelas com sues dias de vencimento e acréscimo são feitos automaticamente. Veja abaixo alguns exemplos:

Parcelamento no faturamento

Parcelamento no pedido de venda

 

porFelipe Buzacchi

Ordem de Produção

O módulo de Ordens de Produção permite gerar ordens de produção simplificadas, com intuito de gerenciar os processos produtivos de produtos, bem como fazer o gerenciamento de estoque e de insumos e produtos acabados e as ações relacionadas ao SPED.

O lançamento de ordens de produção se localiza no menu Logística / Ordens de Produção.

Gerenciamento de ordens de produção

A tela de gerenciamento de ordens de produção permite filtrar as ordens por vários critérios, como NSU, data (por vários tipos), filial, responsável e situação. Também por esta tela se pode incluir novas ordens, bem como alterar ou visualizar. Também é possível fazer todas as ações de gerenciamento, como liberar, enviar para produção, etc. Isto será coberto mais a frente neste manual.

Esta tela também apresenta gerenciamento visual de acordo com a seguinte legenda:

  • PRETA: ordens já encerradas ou canceladas
  • LARANJA: ordens abertas e com conclusão prevista para o dia
  • VERMELHO: ordens abertas e atrasadas em relação ao prazo previsto para conclusão
  • VERDE: ordens abertas e ainda dentro do prazo em relação ao prazo previsto para conclusão

As ordens de produção também podem ter as seguintes situações:

  • Em cadastramento: ordem ainda na fase de lançamento
  • Liberada: ordem com cadastramento finalizado e liberada para iniciar a produção
  • Bloqueada: ordem bloqueada para envio de produção para eventuais alterações
  • Cancelada: ordem gerada e cancelada
  • Em produção: ordem enviada para a produção
  • Concluída: ordem com produção concluída e estoques movimentados

Cada um dos status acima tem seu ícone respectivo na coluna “Sit” para ajudar no gerenciamento visual.

Ordens de produção

Incluindo / alterando / visualizando Ordens

A tela de inclusão/alteração/visualização das ordens é bem simples e dividida basicamente em 2 abas:

  • Cabeçalho: permite o cadastro das informações gerais da ordem, como qual a filial, local de estoque, responsável, prazo previsto de conclusão, situação e observações gerais.

Cabeçalho da ordem de produção

  • Itens: na aba de itens se pode inserir os itens na ordem. Apenas produtos marcados com o tipo “Produto acabado” podem ser inseridos na ordem. Portanto para produtos a serem produzidos esta opção deve ser selecionada. Para adicionar itens deve-se identificar o produto no campo “Produto” (por id, código de barras ou através da consulta). Após identificar o produto, deve-se informar a quantidade. Caso o produto tenha insumos, os mesmos serão exibidos na lista à direita já multiplicados pela quantidade do produto informado. Também é possível informar uma unidade logística, um endereço de estoque (caso habilitado para o local de estoque da ordem) e observações do item. Após todas as informações inseridas, ao clicar em “Salvar (F1)” o item será incluído na ordem e aparecerá na lista logo abaixo. Os itens sempre serão agrupados por código, variação e unidade logística, ou seja, sempre que informar o mesmo item na ordem mais de uma vez ele será agrupado em um único item, apenas incrementando a quantidade. Pode-se editar ou excluir um item clicando nas respectivas colunas da lista de itens.

Itens da ordem de produção

IMPORTANTE: caso o produto esteja marcado como “produto acabado”, sua movimentação de estoque no momento da venda será feita apenas para o produto em si, e não para seus insumos. Neste caso os insumos serão movimentados apenas no momento da conclusão da ordem de produção, conforme relatado abaixo nas ações da ordem no item “Concluir”.

Ações nas ordens de produção

Várias ações são permitidas nas ordens de produção, conforme segue:

  • Em Cadastramento: sempre que se estiver montando uma ordem, ela estará na situação de “Em Cadastramento”. Para poder seguir com as próximas ações, a ordem deverá ser liberada
  • Liberar: a ação de liberar uma ordem permite que a mesma seja liberada para enviar a produção. Apenas ordens em cadastramento ou bloqueadas podem ser liberadas
  • Bloquear: serve para bloquear temporariamente uma ordem liberada para produção, para que se possa fazer ajustes ou alterações. Apenas ordens liberadas podem ser bloqueadas
  • Cancelar: cancelar a ordem. A mesma não é excluída, apenas marcada como cancelada, com usuário e data de cancelamento. A ordem só pode ser cancelada antes de ser finalizada.
  • Produzir: enviar a ordem para produção. A partir deste momento a ordem está sendo produzida, e só pode ser cancelada ou concluída
  • Concluir: concluir a produção na ordem. Neste momento será marcada a data e usuário de conclusão, bem como serão feitas as movimentações de estoque como segue:
    • Insumos: será feita a saída de estoque dos insumos usando o CME configurado nas configurações logísticas da empresa
    • Produtos acabados: será feita e entrada de estoque dos produtos informados na ordem de produção no local/endereço de estoque informado e usando o  CME configurado nas configurações logísticas da empresa.
  • Duplicar: permite duplicar uma ordem igual a original, que pode ser editada para novo processo
  • Imprimir: impressão da ordem nos formatos “A4” (Visualizar) e “Comprovante” (impressoras térmicas de 80mm de largura)