Categoria Tutoriais

porJannyfer Lima

Configuração do Monitor

Para que serve o Monitor?

O aplicativo Monitor quando configurado e iniciado com o Windows, serve para forçar a inicialização dos serviços adicionados nele, podem ser adicionados vários e qualquer tipo de serviço, mas vamos focar apenas nos serviços “Lojamix”, caso queira adicionar outros serviços é só realizar as instruções abaixo.

Configuração

Para configurar o aplicativo Monitor, deve-se acessar a pasta Monitor dentro da pasta Lojamix no seu computador, (C:\Lojamix\Monitor). Abra o aplicativo LojamixMonitorServicos.exe, caso não abra, verifique na Bandeja do Sistema ou System Tray, clique com o botão direito em cima do ícone do monitor e clique na opção “Abrir monitor”, conforme a imagem abaixo.

Depois do Aplicativo aberto, vá na aba Serviços > Incluir (F1) e adicione o serviço LojamixProcessadorService e clique em salvar, após isso adicione os serviços LojamixRemotingService e LojamixPdvService, conforme a imagem abaixo.

Observação: Caso o serviço adicionado não exista o aplicativo irá notificar que o serviço não existe, até que seja corrigido ou excluído.

Após a conclusão dos passos acima podemos partir para a configuração de inicialização do Monitor junto com o Windows. Para isso deve-se acessar a pasta Monitor dentro da pasta Lojamix no seu computador, (C:\Lojamix\Monitor), clicar com o botão direito do mouse em cima do aplicativo LojamixMonitorServicos.exe, com o atalho criado vamos move-lo com o comando CTRL + X ou clicando com botão direito e recortar.

Aperte as teclas “Win + R” para abrir a janela do executar e digite “shell:common startup”

Após a pasta StartUp ter aberto, vamos copiar o atalho com o comando CTRL + V ou clicando com o botão direito e copiar. Pronto agora quando for ligado o computador o aplicativo Monitor irá iniciar com o Windows assim como os serviços adicionados.

porVittoria Thomasini

Vinculação Sistema Moderniza e MFE

Inicialmente para a correta utilização do Módulo Fiscal Eletrônico (MFe), com o sistema Moderniza PDV, é necessário criar o código de vinculação entre a Software House (SH), com o contribuinte, para isso seguem os passos abaixo

 

Responsabilidades Moderniza

1 – Realizar Assinatura AC

2 – Entrar no portal da Sefaz e informar o CNPJ e senha da software house.

3 – Acessar o menu “Vincular aplicativo comercial”

4 – Após isso deve-se vincular o contribuinte a software house, acessando a opção “Clique aqui para vincular o contribuinte à Software House

5 – Informar o CNPJ do cliente e o código de vinculação gerado pelo aplicativo da Assinatura AC

 

Responsabilidades da Revenda

1 – Com isso, deve-se ter o aplicativo de ativação do MFe (Neste exemplo, utilizamos o TANCA), para vincular o código de vinculação com o MFe

1.1 – Acessar o menu lateral “Associar Aplic. Comercial”

1.2 – Inserir o código de ativação do MFe, CNPJ Contribuinte, CNPJ SH, e no campo Texto o código de vinculação

2  – Para vincular ao integrador, deve-se abrir as configurações do mesmo

2.1 – Informar o CNPJ da SH e o código de vinculação

3 – Por fim deve-se inserir o código de vinculação no arquivo “Assinatura_digital.txt” dentro da pasta “C:\Lojamix\Frente de caixa\SAT”

porFelipe Buzacchi

Recuperar acesso do usuário “admin” na configuração de perfis de acesso

Algumas vezes ocorre de, acidentalmente, as configurações de acesso do usuário admin do sistema serem alteradas, e o mesmo perder o acesso a configuração de perfis. Quando isso ocorrer, não será mais possível acessar a configuração de perfis de acesso.

Para retomar o acesso do usuário admin para as configurações de perfis de acesso, será necessário rodar os script abaixo, seguindo a ordem exata:

1 – insert into permissao_acesso_perfil_usuario (id_perfil_usuario, id_permissao_acesso, id_valor_permissao_acesso) values (1, ’28’, NULL)
2 – insert into permissao_acesso_perfil_usuario (id_perfil_usuario, id_permissao_acesso, id_valor_permissao_acesso) values (1, ‘28.1’, NULL)
3 – insert into permissao_acesso_perfil_usuario (id_perfil_usuario, id_permissao_acesso, id_valor_permissao_acesso) values (1, ‘28.2’, NULL)

Para rodar os scripts, será necessário ter o SQL Management Studio instalado ou qualquer outro gerenciador com acesso ao banco de dados.

porModerniza

Instalar serviço do Windows Manualmente

  1. Abra o prompt de comandos do Windows como administrador

    Executar prompt de comandos do Windows como administrador

    Executar prompt de comandos do Windows como administrador

  2. Execute o comando abaixo:
    – Para sistemas operacionais de 32 bits:
    cd C:\Windows\Microsoft.NET\Framework\v4.0.30319\
    – Para sistemas operacionais de 64 bits:
    cd C:\Windows\Microsoft.NET\Framework64\v4.0.30319\

    Executar o comando

    Executar o comando

  3. Execute o comando abaixo:
    – InstallUtil.exe <diretorio_servico>
    Por exemplo:
    InstallUtil.exe C:\Lojamix\Administrativo\LojamixRemotingService.exePara o serviço do PDV:InstallUtil.exe “C:\Lojamix\Frente de Caixa\LojamixPdvService.exe

    Instalar serviço

    Instalar serviço

porlojamix

Configuração de codificação via Bematech User Software

Para o correto funcionamento das impressoras Bematech, às vezes é necessário fazer algumas configurações pelo software Bematech User Software (http://www.lojamix.net/download/suporte/Bematech_User_Setup_v2.5.3.exe). Logo abaixo temos os passos necessários para realização dos procedimentos.

 

  1. Abrir o Bematech User Software, selecionar o tipo de conexão da impressora com o computador e pressionar o botão “Aplicar”

    Selecionar tipo de comunicação

    Selecionar tipo de comunicação

  2. Selecionar a aba “Comandos adicionais”

    Selecionar aba "Comandos adicionais"

    Selecionar aba “Comandos adicionais”

  3. No groupbox “Tipo de comando” selecionar a primeira opção (“Esc/Bema”) e pressionar o botão “Aplicar”. Depois disso, no groupbox “Default CP(Esc/Bema”, selecionar a opção “UTF8” no dropdown list.

    Tipo de comando e Default CP

    Tipo de comando e Default CP

  4. Por fim, pressionar o botão “Aplicar”
    Aplicar configurações

    Aplicar configurações

    OBS: no caso da impressora estar conectada ao computador via USB, pode ser que ela esteja configurada com uma porta COM virtual, então é importante fazer esta verificação antes de selecionar o tipo de comunicação no passo 1.

porFelipe Buzacchi

Erro de validação do sistema – “Sua licença expirou em 31/12/1999”

Se ao tentar ativar o sistema, tanto para versão de demonstração quanto licença ativada, apresentar a mensagem de “Sua licença expirou em 31/12/1999”, será necessário alterar as informações de formato de data e hora de seu computador para o padrão da imagem abaixo:

Configuração de região e idioma do Windows

Configuração de região e idioma do Windows

Esta é a configuração de “Região e idioma” do computador. Para acessá-la, vá em Painel de Controle > Região e Idioma.

porFelipe Buzacchi

SQL Server: listar todas as FK de um banco ou tabela específica

Saber quais os locais onde um campo de uma tabela é chave estrangeira (FK) para outro pode ser muito necessário no caso de ser necessário atualizações manuais no banco de dados.

Para listar todas as FK de um banco ou de alguma tabela específica, basta executar o script abaixo. Nele já está filtrado para exibição de todas as FK que contém a tabela de Filial, como pode ser visto na cláusula “where” do SQL. Esta cláusula where pode ser alterada para filtrar por outros campos / tabelas, ou suprimida para listar todas as FK do banco de dados.

 

SELECT
KCU1.CONSTRAINT_NAME AS ‘FK_Nome_Constraint’
, KCU1.TABLE_NAME AS ‘FK_Nome_Tabela’
, KCU1.COLUMN_NAME AS ‘FK_Nome_Coluna’
, FK.is_disabled AS ‘FK_Esta_Desativada’
, KCU2.CONSTRAINT_NAME AS ‘PK_Nome_Constraint_Referenciada’
, KCU2.TABLE_NAME AS ‘PK_Nome_Tabela_Referenciada’
, KCU2.COLUMN_NAME AS ‘PK_Nome_Coluna_Referenciada’
FROM INFORMATION_SCHEMA.REFERENTIAL_CONSTRAINTS RC
JOIN INFORMATION_SCHEMA.KEY_COLUMN_USAGE KCU1
ON KCU1.CONSTRAINT_CATALOG = RC.CONSTRAINT_CATALOG
AND KCU1.CONSTRAINT_SCHEMA = RC.CONSTRAINT_SCHEMA
AND KCU1.CONSTRAINT_NAME = RC.CONSTRAINT_NAME
JOIN INFORMATION_SCHEMA.KEY_COLUMN_USAGE KCU2
ON KCU2.CONSTRAINT_CATALOG = RC.UNIQUE_CONSTRAINT_CATALOG
AND KCU2.CONSTRAINT_SCHEMA = RC.UNIQUE_CONSTRAINT_SCHEMA
AND KCU2.CONSTRAINT_NAME = RC.UNIQUE_CONSTRAINT_NAME
AND KCU2.ORDINAL_POSITION = KCU1.ORDINAL_POSITION
JOIN sys.foreign_keys FK on FK.name = KCU1.CONSTRAINT_NAME
where KCU2.TABLE_NAME = ‘filial’
Order by
KCU1.TABLE_NAME

porFelipe Buzacchi

AVG – Adicionar Lojamix a lista de exceções de varredura

Para adicionar o Lojamix a lista de exceções de varredura do AVG, seguir os passos abaixo:

  1. Abrir interface do AVG
  2. Acessar Ferramentas > Configurações avançadas. Dependendo da versão do AVG, as configurações avançadas podem estar em outro menu
  3. Acessar o item “Exceções”, escolher o tipo “Pasta”, e então selecionar a pasta “c\Lojamix”

Seguindo esses passos o anti vírus AVG não irá mais bloquear os downloads necessários para o Lojamix.

RECOMENDAÇÃO: rodar o AVG como administrador para garantir acesso a todas as funções necessárias

porModerniza

SUPORTE – Programas

Listagem de programas para suporte

Database .Net (Pequeno gerenciador de banco de dados)

porModerniza

Configurar o acesso remoto (Comunicação em rede)

Quando se deseja usar um banco de dados central em um servidor e ter outros computadores acessando (terminais), é necessário fazer algumas configurações de banco de dados e serviços do Moderniza para permitir o tráfego de informações via rede.

Essa configuração pode ser feita de duas formas: definindo o IP da máquina servidor como fixo ou usando o nome da máquina na rede. Para ambas formas, basta seguir os procedimentos abaixo.

Basicamente, o que é necessário fazer é:

  • PASSO 1: Definir endereço do servidor (IP fixo ou nome na rede)
  • PASSO 2: Configurar o SQL para acesso em rede
  • PASSO 3: Desabilitar o firewall ou permitir os acessos necessários
  • PASSO 4: Configurar os serviços do Moderniza de acordo com as conexões do servidor
  • PASSO 5: Configurar o administrativo e PDV para a conexão

 

PASSO 1: Configurar endereço do servidor.

 

CONFIGURAR POR IP FIXO

– Verifique o IP que sua maquina está usando entrando no CMD (prompt de comando) e digite o comando: ipconfig.

Para colocar IP fixo, devemos abrir a “Central de rede e compartilhamento”, e clicar em “Alterar as configurações do adaptador” no canto esquerdo, ou sobre o nome da conexão.

Feito isso, vamos alterar as configurações do adaptador da rede atual, clicando com o botão direito nele e propriedades.

Na tela a seguir, ao rolar a pagina, selecionaremos “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicamos em propriedades.

Configuração de IPV4

Agora, vamos alterar as configurações do adaptador, primeiro selecionamos “Usar o seguinte endereço de IP” e configuramos conforme os dados informados pelo comando “ipconfig” no prompt de comando. Logo abaixo, na mesma tela, selecionamos “Usar os seguintes endereços de servidor DNS” e complete os espaços conforme a imagem abaixo.

Lembrando que o campo sublinhado em amarelo deve ser o IP obtido pelo passo 1, a imagem é somente um exemplo, o DNS pode ser preenchido de acordo com a imagem.

Clique em “OK” e estará pronta sua configuração de IP fixo e no exemplo acima o endereço para o servidor na rede passou a ser o IP: 192.168.0.13.

 

CONFIGURAR POR NOME DO COMPUTADOR NA REDE

– Verifique o Nome que sua maquina está usando entrando em Painel de Controle.

– Clique em Sistema e Segurança > Sistema.

Na página Exibir informações básicas sobre o computador, confira o Nome completo do computador na seção Nome do computador, domínio e configurações de grupo de trabalho.

Sabendo o nome do computador, o endereço usado para acessar uma instância na maquina servidor será (nome_do_computador\nome_da_instância)

No exemplo acima, seria “ASUSPC\MODERNIZA”

 

PASSO 2: CONFIGURAR O SQL (Servidor)

Para permitir que o protocolo TCP/IP trafegue informações do SQL e que conexões possam ser estabelecidas através deste protocolo, vamos liberá-lo no SQL Server, utilizando uma ferramenta SQL Server Configuration Manager

02

No Configuration Manager:

03

Abra a opção Configuração de Rede do SQL Server, clique em Protocolos para MODERNIZA (SQLEXPRESS para instalações antigas), na janela da direita clique com o botão direito na opção TCP/IP clique na opção Habilitar.

Irá aparecer a seguinte mensagem:

05

Em alguns casos será necessário habilitar a opção ‘Pipes Nomeados’, entretanto nenhuma configuração precisar ser feito nos Pipes após habilitar, então recomenda-se manter habilitado já que ele não influencia de modo negativo a configuração.

Depois de configurar o status para Habilitado, mais duas verificações devem ser feitas nas propriedades do protocolo TCP/IP. Para acessar estas configurações, clique com o botão direito do mouse em TCP/IP e em seguida em Propriedades.

07

Uma tela com duas abas superiores se abrirá. A primeira aba Protocolo, deve ficar com a propriedade Habitado configurada para Sim.

08

Na segunda aba, Endereços IP, no item “IP1” devemos garantir que a propriedade Ativo esteja configurada para Sim, o IP esteja o mesmo que mostrou no Prompt de Comando (imagem abaixo), Habilitado como não, porta TCP como 0 e Portas TCP Dinâmicas como 0.

IP do servidor no serviço do SQL

Na mesma janela descendo até o final iremos encontrar o IPAII que deve ser alterado para condizer com os dados da imagem abaixo.

Porta do SQL no serviço

Irá aparecer novamente a seguinte mensagem após aplicar as alterações:

05

Agora, clicando em Serviços do SQL Server, no menu a esquerda da tela, e clicando com o botão direito sobre o serviço SQL(MODERNIZA) – habilite e inicie o serviço SQL Server Navedaor/SQL Server Browser.

Por último, reinicie o Serviço do SQL Server conforme a imagem abaixo:

 

PASSO 3: CONFIGURAR O FIREWALL (Servidor)

Após feito todas essa configurações você precisa liberar o Firewall do Windows para que outros computadores tenham acesso, esse passo deverá ser feito apenas se o Firewall estiver habilitado.

Para acessar as configurações do Firewall, acesse o Firewall do Windows, e nas opções a esquerda da tela, selecione “Permitir um aplicativo ou recurso através do Firewall do Windows”

13

Painel de configuração do Firewall

Na janela que abrir clique em Permitir outro Programa, caso essa opção não esteja habilitada, habilite a alteração de configurações, no botão acima da lista de aplicativos permitidos.

 

Clique em Procurar na tala abaixo:

15

Dica:
Abra o Gerenciador de tarefas e procure pelos arquivos sqlservr.exe e o sqlbrouser.exe, clique com o botão direito neles, e em abrir local do arquivo, em ambos os arquivos irá abrir o diretório onde estão localizados, você pode copiar o caminho do diretório.

16

É esse caminho que você vai colocar no Procurar do firewall para os dois arquivos(lembre cada arquivo tem um caminho diferente.

     17 18

Também é preciso acrescentar regras de entrada para as portas necessárias no sistema. Ao menos a porta do SQL (por padrão 1433) deve ser adicionada nas regras de entrada do Firewall. Se outras portas forem usadas (como a do LojamixRemotingService, porta 9099), também devem ser acrescentadas nas regras de entrada.

Para acrescentar um regra de entrada, ir no painel de gerenciamento do Firewall , depois em “Configurações Avançadas”.

clique em “Regras de Entrada” no canto esquerdo superior e depois em “Nova Regra” no canto direito superior. Preencha os dados corretamente e confirme ao final.

A regra deve ser feita com os seguintes parâmetros:

Tipo Porta, TCP, porta específica, que deve ser a do SQL (padrão é 1433), e marcada a opção permitir conexão em todos os domínios.

 

Após feito isso você já pode conectar remotamente no servidor com o banco de dados SQL Server seguindo os passos.

 

PASSO 4: CONFIGURAR SERVIÇOS (Servidor e terminal)

Parte servidor:

Ao iniciar o sistema Moderniza administrativo, na configuração das conexões coloque o IP da máquina (Que tornamos Fixo nos passos anteriores) seguido pela instancia do SQL (EX: 192.168.0.0\MODERNIZA) , e marque as caixas na parte inferior e confirme para salvar.

Conexão do Retaguarda

 

Parte terminal:

Ao iniciar o sistema Moderniza, na configuração das conexões coloque o IP da máquina do servidor, ou o nome se for o caso, e a instância, porem diferente do servidor, não marque os checkbox dos serviços destacado em amarelo na imagem acima.

 

PASSO 5: CONFIGURAR O SISTEMA ADMINISTRATIVO E PDV (Terminal)

No sistema administrativo em

Configs > Parâmetros gerais do sistema

Na parte que está em azul na imagem abaixo, você deve colocar o IP ou o nome do computador servidor, dependendo do tipo que estiver usando.

Configuração do parâmetro do sistema administrativo para conexão remota

Já no Frente de Caixa, a mesma coisa, em Menu Fiscal > Configurações PDV.

Parâmetro de conexão PDV

Parâmetro de conexão PDV

Informações complementares dos passos 4 e 5 podem ser encontradas através deste link.