Categoria Manuais Administrativo

porModerniza

Configurações de Email

Para configurar as informações para envio de um e-mail a partir do sistema, deve-se acessar a aba Configuração> Parâmetros Gerais do Sistema> E-mail.  Nesta aba é possível incluir um e-mail diferente para vários tipos de conta (Logística, Fiscal e etc) conforme a necessidade do usuário, sendo que ao enviar um e-mail de algum destes tipos, caso não haja endereço de e-mail cadastrado o mesmo será enviado com o remetente do e-mail Geral.

Para cadastrar uma nova conta de e-mail basta clicar em Incluir e preencher as informações solicitadas.

Cadastro de conta de e-mail

Caso necessite alterar ou fazer qualquer modificação em uma conta já cadastrada basta clicar no ícone ao lado do Tipo da conta.

Caso deseje excluir alguma conta já cadastrada basta clicar no ícone de ‘x’ em vermelho, a esquerda, referente a conta desejada.

Configuração para diferentes tipos de E-mail:

 

Gmail – Para configuração deste provedor de e-mail, existe uma particularidade, nas configurações de conta deve-se ativar a opção “Permitir aplicativos menos seguros”, como segue na imagem.

Após a conclusão do passo acima podemos partir para os preenchimentos da aba “cadastros de conta de E-mail” dentro do sistema:

Host do servidor de e-mail: smtp.gmail.com

Porta: 587

Autenticação segura (SSL): Ativado

 

Hotmail/Outlook – Neste provedor de e-mails não é necessária nenhuma modificação nas configurações do mesmo, vamos direto ao preenchimento:

Host do servidor de e-mail: smtp.live.com

Porta: 25 ou 465

Autenticação segura (SSL): Ativado

 

Yahoo – O provedor de e-mails do Yahoo também possui uma peculiaridade, nas configurações de segurança da conta deverá ser adicionado na opção ” Gerenciar senhas de app” uma senha específica para o sistema, abrindo essa opção, selecione “outro app” após escolha um nome ilustrativo, e clique em gerar e sua senha irá aparecer na tela, tome cuidado pois após fechar a janela não será mais possível acessar a senha, então a salve em um lugar seguro. Após podemos partir para o preenchimento da tela no sistema:

Host do servidor de e-mail: smtp.mail.yahoo.com

Porta: 587

Autenticação segura (SSL): Ativado

 

BOL – O provedor de e-mails do BOL também possui sua peculiaridade, ele necessita de uma assinatura paga para poder ser utilizado no sistema, indo em configurações -> “IMAP/POP3”, aparecerá, caso seja assinante, a opção “Ativar IMAP”, após ele estar ativado podemos partir para o preenchimento da tela no sistema:

Host do servidor de e-mail: smtps.bol.com.br

Porta: 587

Autenticação segura (SSL): Ativado

porNatã Giertyas da Silva

Comercial – Loja Virtual

O primeiro passo para poder cadastrar a loja virtual no sistema é habilitar a loja virtual.

A partir da versão 4.20.4.0 a loja virtual vem habilitada por padrão, caso contrário atualize a versão do sistema ou chame o suporte pelo chat on-line.

Estoque Loja Virtual

O segundo passo para poder utilizar a loja virtual no Moderniza Loja é a configuração de reserva de estoque para a loja virtual em Configurações > Empresas > Filiais >Configurações > Logítisca.

Selecione o local de reserva de estoque e aplique em “Confirmar”.

 

OBS.: A reserva de estoque é um estoque separado do estoque padrão da loja, onde todos os pedidos que estão em aberto (pedidos onde o cliente ainda não realizou o pagamento, ou está aguardando aprovação de pagamento) irão dar baixa de seus produtos em um estoque reservado, diferente do estoque padrão da loja. O site informará ao cliente que acessar o site que, apesar do produto comprado ainda estar no estoque padrão da loja, haverá uma quantidade menor em estoque, ou seja, a quantidade do estoque reservado. No momento que o pedido for devidamente finalizado é dado baixa dos produtos no estoque padrão da loja (caso o pedido seja cancelado, o estoque será reposto). Essa função auxilia em problemas que poderiam ocorrer em produtos com baixo estoque, já que um cliente pode efetuar sua compra sem o risco de que um dos itens de seu pedido possa ser comprado por outro cliente, assim evitando conflitos de clientes com a loja, visto que a venda de itens sem estoque pode ser considerado publicidade enganosa.

A partir disso, as configurações da Loja virtual são acessadas pelo caminho Comercial > Loja virtual.

Caminho de configuração da Loja

Ao clicar em Loja Virtual você será redirecionado para a tela de gerenciamento da mesma.

Loja virtual

 Criar Loja Virtual “Incluir (F1)”.

Inclusão da Loja

  • Filial: É o campo designado para qual filial a Loja pertencerá no sistema.
  • Descrição: O sistema permite colocar uma descrição no cadastro da loja virtual.
  • URL: Campo para colocar o endereço virtual da loja
  • Consumer Key, Consumer Secret, URL, Usuário e Senha: São dados fornecidos pela Moderniza. Caso a loja seja montada pelo parceiro, o mesmo deve possuir essas credenciais.
  • Tabela de Preço: É o campo onde é definido a tabela de preço utilizada na loja, para criação de tabelas de preço, existe o manual clicando AQUI.

Alterar (F2)

Selecionando a loja virtual e pressionando “Alterar (F2)” é possível estar modificando as informações do cadastro da mesma.

Excluir(F3)

Selecionando a loja virtual e pressionando “Excluir(F3)” é possível estar deletando a loja virtual.

Cadastro de Produtos e Categorias

Após a Loja virtual ser criada devemos adicionar produtos e categorias.

Produtos (F4)

Botão de Produtos

Na tela de produtos é possível Incluir, Alterar, Excluir e Atualizar produtos da Loja.

O produto tem diferentes situações:

  • Atualizado: Produto está atualizado conforme os dados do sistema.
  • Inclusão Pendente: Produto ainda não foi incluso na Loja.
  • Atualização Pendente: Alguma alteração no cadastro do produto não foi atualizada na loja.

Tela de Produtos

Incluindo Produto “Incluir (F1)”

IMPORTANTE: Os produtos que não tiverem imagem definida no cadastro, vão aparecer sem foto na Loja. Os próximos passos mostram como definir imagens para os itens.

Pressionando o botão de inclusão você vai ter acesso a todos os produtos cadastrados do sistema.

Dessa forma basta selecionar os desejados e clicar em “Selecionar”.

Selecionando os Produtos

Atribuindo Imagem para o Produto “Alterar (F2)”

OBS: AS IMAGENS DOS PRODUTOS DA LOJA VIRTUAL DO WOOCOMMERCE PODEM SER ADICIONADAS TAMBÉM PELO PAINEL DA LOJA. ACESSE ESSE LINK PARA O MANUAL.

Para inserir imagens no Produto, após incluir ele na loja é possível alterar o cadastro dele, pela tela de gerenciamento dos itens da loja, ou através do cadastro de produtos em Logística > Produtos. O procedimento é o mesmo em ambos caminhos, basta selecionar o Produto e clicar em alterar.

Tela de produtos

Depois que clicar em alterar, o sistema irá abrir a tela de cadastro do produto. Para adicionar a imagem, na parte superior clique em Imagem.

Dica: Por essa tela também é possível alterar outros dados do produto.

Alterando cadastro do produto

Na aba de imagem clique no símbolo de adição, ao lado do campo caminho da imagem.

Adicionando Imagem

Agora você deve navegar até o caminho da imagem em seu computador, selecionar a imagem e clicar em abrir.

Informando caminho da Imagem

Agora a imagem está anexada ao produto, é possível adicionar mais de uma imagem por produto fazendo o mesmo procedimento, existe a opção de definir uma imagem como a principal que é a foto que vai aparecer em destaque na loja virtual.

Imagem anexada

Após cadastrar as imagens desejadas, é necessário salvar as alterações clicando em Confirmar (F1) e logo após Fechar (Esc).

Adicionando mais de uma imagem

Depois de fechar o sistema volta para a tela de produtos da Loja e agora os status dos produtos vão estar como pendente.

Items pendentes de atualização

OBSERVAÇÃO: as ações abaixo envolvem “sincronizar” as informações do Moderniza Loja com a loja virtual. Caso haja alguma mensagem de erro com informações de “SSL/TLS” acessar este link e fazer todos os procedimentos antes de continuar.

Atualizar (F4)

Após realizar todas as modificações, é necessário atualizar elas no site da loja. Clicando no botão de atualizar, o sistema manda as informações editadas para a Loja virtual.

Atualizar Lojas

OBS.: esse procedimento pode demorar um pouco, dependendo da quantidade de alterações feitas.

Sincronização da loja virtual

No fim da sincronização, as situações dos produtos vão ser atualizadas.

Nova situação dos produtos

Excluir(F3)

Para efetuar a exclusão de um produto da loja virtual precisa-se somente selecionar o mesmo e clicar em “Excluir (F3)”. Esse procedimento não precisa atualizar a loja para confirmar as mudanças.

Exclusão de Produto

Produto Deletado

Categorias(F5)

Categorias

Na tela de Categorias é possível Incluir, Alterar, Excluir e Alterara mesma. As categorias da loja são as hierarquias do sistema.

As categorias têm diferentes situações:

  • Atualizado: Categoria está atualizada conforme os dados do sistema
  • Inclusão Pendente: Categoria ainda não foi inclusa na Loja.
  • Atualização Pendente: Alguma alteração no cadastro da Categoria não foi atualizada na loja.

Incluir (F1)

Para incluir uma categoria, é necessário clicar no botão de inclusão, ou pressionar a tecla de atalho. Após o sistema irá abrir a tela de hierarquias cadastradas do sistema, selecione as desejadas e clique em incluir.

Seleção de Hierarquias

Alterar(F2)

Selecionado uma hierarquia e clicando em alterar e aberto o cadastro da hierarquia, onde é possível estar alterando o mesmo e clicando em confirmar para salvar as modificações feitas.

Edição de Hierarquia

Excluir(F3)

A exclusão de uma hierarquia e feita através da seleção da mesma e pressionar botão de excluir.

Exclusão de Categoria

Atualizar(F4)

A função atualizar, sincroniza as informações das hierarquias com a loja virtual.

porModerniza

Atualização do Sistema Moderniza

Administrativo e Frente de Caixa (PDV)

A atualização do sistema é feita a partir de um executável, que pode ser encontrado no seguinte caminho :  Disco local(C:) > Lojamix > Administrativo ou Frente de caixa >”LojamixWebInstaller.exe” . Escolha o arquivo na pasta de acordo com o que queira atualizar (Administrativo ou Frente de caixa).

Importante que o sistema e suas dependências (processos e serviços) devem estar todos parados e finalizados.

Quando encontrar o arquivo na pasta desejada, de dois cliques e abrirá a seguinte tela:

Atualizador do sistema

Após o instalador iniciar, primeiramente escolha o que deseja atualizar, se o administrativo ou o frente de caixa, ou se quiser atualizar ambos, selecione os dois:

Marque o que deseja atualizar

Após estar tudo selecionado, clique em “INICIAR” no canto inferior esquerdo, e sua atualização iniciará, espere até que a seguinte imagem seja exibida:

Instalação concluída

Assim que aparecer esta imagem, pode clicar em “Ok”, e fechar o instalador, deste modo seu sistema já estará atualizado e pronto para uso!

OBS: É muito importante que mantenha todas as máquinas da rede na mesma versão do sistema. Caso atualize uma máquina, será necessário atualizar todas as outras.

porModerniza

Dados para Contabilidade

Se em determinado momento a contabilidade solicitar informações a serem encaminhadas a eles, o sistema Moderniza, na sua versão completa, possui a funcionalidade de colher todas as informações necessárias e gerar os arquivos para envio.
No Retaguarda menu Fiscal > Dados para Contabilidade

Dados para Contabilidade

Dados para Contabilidade

 

 

 

 

 

Ao selecionar os dados necessários e gerar, vai ser solicitado o caminho o qual se deseja salvar os arquivos. Recomendamos salvar na área de trabalho para facilitar a localização.

porFelipe Buzacchi

Configuração de Certificado Digital

Os certificados digitais são ferramentes que permitem uma empresa emitir documentos eletrônicos (NF-e, NFC-e, etc), ter acesso a informações restritas de CNPJ, configurações de segurança, etc.

DICA: Os certificados devem ser adquiridos de empesas certificadas para emiti-los, e ativados ou desbloqueados junto a estas empresas para poderem ser utilizados no sistema. Consulte seu contador ou contate o suporte para indicações.

Os certificados digitais podem ser de 2 tipos: A1 (em formato de arquivo e que pode ser instalado no computador) ou A3 (em formato de cartão, que devem estar plugados no USB do computador).

Veja abaixo os detalhes de utilização do certificado digital no sistema para cada tipo e também para cada sistrema onde será usado.

 

CERTIFICADO TIPO A1

O certificado tipo A1 (arquivo), após comprado, deve ser ativado e o arquivo deve ser baixado no computador. Cada empresa fornecedora de certificado tem o seu processo para baixar o arquivo do certificado, e geralmente este processo é enviado no processo de compra.

O arquivo baixado geralmente é da extensão “.pfx” (por exemplo certificado_digital.pfx), e é necessário informar uma senha ao baixá-lo. Esta senha será necessária ao anexá-lo no sistema.

 

No Administrativo:

  • Acesse a tela de configurações fiscais do Administrativo (menu Configs / Empresas / Filiais, selecione a Filial desejada e clique em Configurações / Fiscais)
  • Na tela que abrir, navegar até a aba “Nota Fiscal Eletrônica”
  • No campo “Arquivo do certificado digital”, clicar no botão de busca e selecionar o arquivo do certificado digital que está salvo no computador
  • No campo “Senha de acesso do certificado” informar a senha gerada no momento de baixar o arquivo junto a certificadora
  • Clicar no botão “Testar”. Se a mensagem exibida for de sucesso tudo está correto e o novo certificado está pronto para uso

Configuração fiscal Filial

 

No PDV:

  • Acessar as configurações do PDV (pelo menu Menu Fiscal / Configurações do PDV (bem abaixo à esquerda)
  • Na tela que abrir, ir até a aba “ECF/NFC-e/SAT” (segunda aba)
  • No campo “Arquivo do certificado”, clicar no botão de busca e selecionar o arquivo do certificado digital que está salvo no computador
  • No campo “Senha do certificado” informar a senha gerada no momento de baixar o arquivo junto a certificadora
  • Clicar no botão “Testar”. Se a mensagem exibida for de sucesso tudo está correto e o novo certificado está pronto para uso

CERTIFICADO TIPO A3

Os certificados do tipo A3 exigem uma interface que conecte o mesmo ao computador, seja ela uma leitora de cartão ou um dispositivo USB. Nestes casos, geralmente na primeira instalação ou utilização do certificado em um computador novo, é necessário primeiramente instalar o driver do leitor.

Após o driver do leitor instalado e o certificado instalado, basta usá-lo no sistema. Nenhuma configuração adicional é necessária.

Ao fazer operações que necessitam de certificado digital, será aberta uma janela para seleção do mesmo, bem como a ela para inserir o PIN (senha do certificado).

Este procedimento é o mesmo tanto para o PDV quanto para o Administrativo.

Exite também a opção de recuperar o certificado digital A3 pelo nome do mesmo. Desta forma, não será mais necessário selecionar o certificado toda vez que o mesmo for necessário. Para fazer isso, executar os procedimentos abaixo:

Como recuperar o nome do certificado?

Agora vamos pegar o nome do certificado para utilizar na configurações.

Vá em iniciar > Executar e digite “certmgr.msc”. Navegue para a pasta Certificados > Pessoal > Certificados.

Será exibida a lista de certificados digitais instalados no computador. Para ver as informações cliques duas vezes sobre o certificado que irá utilizar vá na aba ”Detalhes ” opção Requerente, copie o texto e transforme esse texto todo em uma única linha separando por vírgula a cada quebra  de linha.

IMPORTANTE: remova o espaço entre o sinal de “=” e acrescente um espaço após cada vírgula.

Exemplo:

CN = EMPRESA DE COMPUTADORES LTDA:99999999000999
OU = PROVEDORA SISTEMAS LTDA
OU = OUTRA INFORMAÇÃO
O = EMPRESA PROPRIETÁRIA
C = BR

Transformado:

CN=EMPRESA DE COMPUTADORES LTDA:99999999000999, OU=PROVEDORA SISTEMAS LTDA, OU=OUTRA INFORMAÇÃO, O=EMPRESA PROPRIETÁRIA, C=BR

 

Após isso, inserir este nome transformado como o do exemplo cima no campo de “nome do certificado” nas telas de configuração acima, semelhante ao certificado A1.

porFelipe Buzacchi

Configurações iniciais do sistema

Confira abaixo os passo de configuração iniciais do sistema:

PASSO 1: cadastro de usuários e perfis de acesso

O primeiro passo é cadastrar os usuários que terão acesso ao sistema e seus perfis de acesso. Sugerimos nunca fornecer aos usuários a senha mestre de administrador, e sim criar usuários específicos para quem for acessar o sistema.

Para detalhes de como cadastrar usuários acessar este link.

PASSO 2: cadastro de empresas, filiais e configurações

O próximo passo é cadastrar as Empresas (grupos econômicos) e suas Filiais. As Filiais são as que terão todos os dados cadastrais (nome, endereço, CNPJ, etc) e praticamente todas as configurações necessários.

É de extrema importância o cadastro correto, principalmente das filiais e suas regras, pois as mesmas serão utilizadas em praticamente todo os pontos do sistema

Para ver como cadastrar empresas e filiais acesse este link.

PASSO 3: configurações para emissão de NF

Para a emissão de NF, além de configurações do passo 2 deste manual, é necessário:

  • Configurar séries para os modelos de documentos desejados (link)
  • Configurar NOPs e regras de tributação (link)
  • Configurar o programa “De olho no imposto (IBPT) (link)
  • Configurar informações complementares da NF-e (link)

PASSO 4: se for usar PDV (NFC-e / S@T)

Caso se deseje utilizar o PDV, seguir os seguintes passos:

  • Na configuração fiscal da filial aba “Nota fiscal de consumidor eletrônica” preencher o id e código do token (passo 1 deste manual)
  • Também cadastrar as impressoras a serem usadas nos caixas e copiar o seu código “GUID” para usa em cada caixa. Na aba descrita no item acima há um botão para acessar diretamente esta função. Detalhes do cadastro de impressora neste link
  • No PDV, fazer o processo de configuração do mesmo, segundo este link

porFelipe Buzacchi

Configuração de serviços do Sistema

O Sistema Moderniza trabalha com 3 serviços básicos: LojamixRemotingService, LojamixProcessador e LojamixPdvService. Estes serviços são instalados junto com a instalação do sistema.

Segue abaixo uma breve descrição do objetivo de cada serviço:

Apenas Servidor:

  • LojamixRemotingService: é o serviço responsável por fazer a comunicação entre o Moderniza Loja (Administrativo) e o PDV. Através dele que as informações vão do Administrativo para o PDV via sincronização, ou que o PDV busca informações no administrativo diretamente (como importação de pedidos, pré-vendas, etc), e que o PDV envia informações de volta para o administrativo. Em configurações de rede interna, deve sempre estar rodando no servidor. Em caso de datacenter, pode ser configurado para rodar diretamente no computador do PDV.
  • LojamixProcessador: é o serviço responsável pelo processamento das informações que vieram do PDV. Através do processamento que a parte de estoque, financeiro e vendas é efetivada. Para maiores detalhes sobre o processamento de informações, acesso este link.

Apenas PDV:

  • LojamixPdvService: este serviço roda apenas onde há o PDV instalado. É através dele que o serviço LojamixRemotingService é ativado. Ele é instalado juntamente com o PDV, e não tem nenhuma configuração adicional, apenas deve estar ativo e rodando.

Adicional:

  • LojamixConnection: utilizado para atualizar algumas informações de entidades e produtos diretamente no banco de dados do administrativo. Geralmente utilizado para integrar o Moderniza PDV a outros sistemas de gestão. Para maiores detalhes acessar este link.

Configuração dos serviços

Os serviços já são automaticamente instalados e configurados no sistema. por exemplo, caso instale o sistema Administrativo na versão “Servidor” o mesmo já virá com os serviços LojamixConnection, LojamixRemotingService e LojamixProcessador instalados e configurados com a mesma conexão de dados do servidor. Ao instalar o PDV, o serviço LojamixPdvService também será instalado da mesma forma.

No entanto, é possível acessar o LojamixServicesConfig, que é uma interface que permite acessar as configurações dos serviços, bem como instalar, desinstalar, iniciar ou parar os serviços.

Para acessar o LojamixServicesConfig, vá até a pasta c/Lojamix/Administrativo e execute o LojamixServicesConfig.exe. Nele haverá 3 abas, uma para cada serviço, onde se pode ver os dados.

Acessar services config

Services Config

Existe também a possibilidade de instalar serviços manualmente pelo Windows. Para saber como, acesse este link.

Banco de dados central em Datacenter (nuvem)

Em caso de o banco de dados central estar hospedado em datacenter (nuvem), as configurações de serviços podem ser um pouco diferentes, principalmente em relação ao processador. Acesse o este link para maiores detalhes.

porFelipe Buzacchi

Migração de banco de dados

A migração de banco de dados tem por intuito passar dados de um banco de dados de outro sistema para o banco de dados do novo sistema. O importador do sistema funciona com base em arquivos de Excel em um padrão já definido.

PASSO 1 – Baixando os arquivos de migração padrão

Baixe os arquivos de planilhas padrões clicando no link:  ARQUIVOS_IMPORTACAO.

Informações que podem ser importadas:

  • ENTIDADES
    • Cadastro de Entidades (clientes, fornecedores, transportadora, etc)
    • Anotações de entidades
  • PRODUTOS
    • Hierarquias de produtos
    • Cadastro de produto
    • Variações de produtos
    • Códigos de barras
    • Estoque por variação
    • Fornecedores do produto
    • Imagens de produto
    • MVA por NCM
  • FINANCEIRO
    • Documentos a receber
    • Lançamentos de documentos a receber
    • Documentos a pagar
    • Lançamento de documentos a pagar

PASSO 2 – Capturando as informações

Para proceder a migração, primeiramente é necessário capturar as informações do banco de dados atual para passar para o novo banco. A melhor forma de fazer isso é instalando o gerenciador de banco de dados do banco atual (por exemplo PG Admin se for banco Postgres) e executando comandos de “select” para filtrar os dados. Estes comandos de “select” devem, preferencialmente, ser executados com os campos já no padrão que o importador necessita. Sugerimos salvar em formato .CSV para a importação.

DICA: é possível utilizar um gerenciador de banco genérico para executar as consultas. Para baixa o gerenciador genérico indicado pelo Grupo Moderniza, clique aqui.

PASSO 3 – Passando os dados para o Excel

Para passar os dados para o Excel, basta seguir os passos abaixo:

  1. Executar os comandos de “select” no banco de dados atual e salvar os dados (preferencialmente em formato CSV)
  2. Abrir o arquivo padrão do Excel para o módulo que deseja importar
  3. No arquivo de Excel, clicar na aba “DADOS” e na seção de “Obter dados externos” escolher a opção “De Texto”
  4. Obter dados externos

  5. Escolher a opção “Delimitado” e Avançar
  6. Escolher apenas a opção “Ponto e vírgula” e avançar
  7. Escolher a opção “Texto” e selecionar todas as colunas para aplicar a alteração
  8. Configurar dados para texto

  9. Clicar em “Concluir” e escolher a posição onde deseja inserir os dados

PASSO 4 – Importar dados no novo banco

Como o importador funciona via arquivos de Excel, o primeiro passo é instalar o Access Engine para poder trabalhar com este tipo de arquivo. Basta baixar e instalar.  Para baixar clique aqui.

Após é necessário utilizar o importador padrão fornecido. O mesmo pode ser encontrado na pasta c/Lojamix/Administrativo, executando o LojamixImportadorWPF.exe. É muito importante conectar o importador no banco de dados correto. O banco que o importador usa é a conexão atual do sistema Administrativo. Portanto basta configurar a conexão com o Administrativo e acessá-lo ao menos uma vez, e o importador já estará com os dados de conexão corretos. Estes dados podem ser conferidos também no rodapé do importador.

Neste importador, deve-se selecionar o tipo de importação (qual informação será importada) e selecionar o arquivo de Excel que contem as informações. O campo “Nome da Planilha” não precisa ser alterado.

Após isso, basta clicar em “Importar” para dar início a importação. Os detalhes das informações aparecerão na tela para que você possa acompanhar. Além disso é possível verificar os logs do importador, clicando no botão “Logs”

Importador de dados

Observações importantes:

  • O que relaciona um registro com outro é sempre o “código de importação” que é um campo texto criado com informações que permitem identificar o registro no banco original e que seja único (como por exemplo o id, id_nome, etc)
  • Observar os cabeçalhos das colunas das planilhas, que sempre tem informações de como cada coluna deve ser preenchida, bem como se são obrigatórias ou opcionais
  • Observar o relacionamento entre registros, ou seja, sempre importar os registros sem dependência antes dos dependentes (por exemplo importar antes hierarquias do que produtos, pois as hierarquias são utilizadas nos produtos)
  • Observar com cuidado a consistência dos dados antes de importar, como tipo de dados (numérico, texto, etc), informações (unidades de medida corretas, preços corretos, estoque correto, tipo de entidade correto, etc) e correlacionamento entre informações (hierarquias corretas nos produtos, códigos de barras para os produtos corretos, fornecedores para os produtos, etc)
  • Apenas implementar no cliente após ter certeza de que os dados importados estão consistentes e corretos. Corrigir dados de importação após o sistema já implementado e rodando é muito mais complicado, e pode não ser possível.

 

porFelipe Buzacchi

Entidades – Programa de Fidelidade

  O Programa de Fidelidade tem por intuito converter compras de clientes em pontos, e posteriormente converter estes pontos acumulados em descontos para compras futuras. Tudo isso feito de forma automática pelo sistema, de acordo com as regras definidas previamente.

Abaixo os detalhes de como configurar e utilizar o programa de fidelidade.

  O Programa de Fidelidade vem como padrão “desabilitado” no sistema. Portanto, para começar a utilizá-lo, o primeiro passo é habilitar a função. Para isso, vá ao menu Configs / Parâmetros do sistema, filtrando o grupo “3 – Entidades” e marcando a opção “habilitar_programa_fidelidade” como “true”.

Cadastro de Regras de Fidelidade

  Para que o programa de fidelidade comece a ser usado, é necessário criar as regras para conversão. Para fazer estes cadastros, acessar o menu Entidades / Programa de Fidelidade. Através da tela da imagem abaixo pode-se criar, editar ou excluir regras de fidelidade, além de atualizar o histórico de pontuação dos clientes.

Regras de Pontuação do Programa de Fidelidade

  Ao incluir / editar uma regra de fidelidade, abre-se a tela de cadastro, que possui 4 abas: Cadastro, Pontuação, Clientes e Filiais.

  A opção da “Atualizar Histórico (F4)” tem por função gerar as pontuações acumuladas dos clientes anteriores ao início do programa de fidelidade. Ao usar esta função, pode-se escolher uma data inicial de análise, por exemplo 01/01/2018. Se for escolhida uma data, apenas as vendas posteriores a esta data serão consideradas para gerar o histórico de pontuação e a pontuação acumulada. Para escolher uma data inicial, desmarque o campo “Analisar histórico de vendas total” e defina a data no campo “Data início análise vendas”.

Atualização de Histórico de Fidelidade

Aba Cadastro

  Na tela de cadastro, deve-se informar como dados gerais a descrição da regra (obrigatório), marcar a opção de ativa se for o caso e informar uma descrição (opcional). Além disso, deve-se informar os dados gerais de pontuação, conforme abaixo:

  • Conversão de pontos: quantos pontos serão futuramente convertidos em reais para a utilização pelo cliente. Por exemplo, a cada 10 pontos o cliente ganhará R$ 1,00 de desconto.
  • Pontuação mínima para resgate: pontuação acumulada mínima a partir da qual o usuário passará a poder resgatar seus pontos. Por exemplo, se informado 50 pontos, o usuário só poderá obter os descontos do seu programa de fidelidade de atingir ao menos 50 pontos acumulados.
  • Percentual máximo de utilização: qual o percentual relativo ao valor total da venda que pode ser convertido em descontos pela pontuação. Por exemplo, se informado 30% o cliente poderá utilizar no máximo 30% do valor total da compra como desconto do programa de fidelidade.
  • Período de validade: caso marcada a opção de “definir período de validade”, a regra só estará ativa durante o período informado.

Cadastro de Regras de Fidelidade

Aba Pontuação

  Na aba Pontuação devem-se informar os critérios para conversão de valor comprado pelo cliente em pontos. Estes critérios podem ser definidos em faixas, ou seja, pode-se definir várias faixas de valor e a pontuação gerada para cada faixa. Para informar estes parâmetros, basta informar nos campos conforme abaixo e clicar em “Adicionar (F4)”:

  • De: informar o valor inicial da faixa.
  • A: informar o valor final da faixa.
  • R$/ponto: informar quantos pontos cada real gasto irá gerar.

Importante: Nestas configurações deve-se pensar com bastante cuidado o tamanho das faixas (diferença entre o valor final e o inicial), bem como o valor de R$/ponto, para que os valores de pontuação gerados sejam condizentes com os valores de conversão de ponto em desconto. Por exemplo, não se deve colocar nestes critérios R$ 1,00 / ponto, e no critério de conversão em desconto futuro colocar 1 ponto = R$ 1,00.

Cadastro de Regras de Fidelidade – Pontuação

  O cadastro destas faixas de valores têm uma série de validações para não permitir faixas duplicadas nem valores intermediários entre faixas. Caso o valor acumulado de compras do cliente seja maior que o valor final da última faixa, esta última faixa é que será utilizada para o cálculo da pontuação. Da mesma forma para a faixa inicial caso o valor de compra acumulado seja menor que o menor valor inicial.

Valor sobra acumulado: o valor de sobra acumulado é o valor de sobra de uma compra do cliente que não foi convertido em pontos. Seguindo o exemplo da imagem acima, se o critério para conversão de valor em de compra em pontos for de R$ 10,00 / 1 ponto, se o cliente fizer uma compra de R$ 15,00, o sistema irá lhe dar 1 ponto e acumular R$ 5,00 para como “sobra” para a próxima compra. Na próxima compra se o cliente comprar R$ 8,00, ganhará mais 1 ponto (8,00 da compra + 2,00 se sobra acumulado) e o valor de sobra restante será 3,00.

Aba Clientes

  Na aba clientes, basta incluir os clientes que fazem parte da regra de pontuação. A regra só será aplicada para clientes que estão associados a mesma, e um cliente só pode fazer parte de uma regra por vez.

Regra de Fidelidade – Clientes

Aba Filiais

  Na aba Filiais deve-se informar para qual filial a regra será aplicada. Se nenhuma estiver marcada, a regra de fidelidade não será aplicada.

Regra de Fidelidade – Filial

  Pela tela de entidades é possível conferir o histórico de pontuação de cada cliente, seus pontos acumulados, regra a que pertence, valor de sobra acumulado e valor acumulado de vendas para pontuação. Clique aqui para ver o manual das Entidades.

Todas as vendas efetuadas pelo sistema Moderniza Administrativo e Moderniza PDV geram pontuação para o cliente.

Para utilizá-los basta o cliente estar no programa de fidelidade e efetuar compras, no momento que ele acumular pontuação para a retirada mínima, tanto no PDV quanto pelo faturamento, ao incluir o cliente (Alt+C) abrirá a tela como resumo da pontuação do cliente.

Ao clicar em Confirmar(F1) será utilizado a pontuação do programa de fidelidade, caso contrário não deverá ser utilizado o saldo de pontos para o desconto.

porFelipe Buzacchi

Observações da Ordem de Serviço

     As observações da ordem de serviço servem para criar uma lista de atributos que podem constar na ordem de serviço, para acrescentar um detalhamento extra para a ordem. Estas observações irão constar em uma seção específica do extrato da ordem de serviço.

Exemplos de observações seriam:

Oficinas mecânicas

  • Ano
  • Modelo
  • Marca
  • Chassis

Conserto de celulares

  • Marca
  • Modelo
  • Processador
  • Memória

        Estas observações sempre aparecerão para serem utilizadas na ordem de serviço, e também poderão ser editadas ou ter novos itens incluídos para uma ordem específica (ver manual da ordem de serviço para maiores detalhes).

       Para configurar as observações padrão da ordem de serviço, na tela da imagem abaixo basta informar a descrição e clicar em adicionar. Para excluir, basta clicar sobre o x vermelho e confirmar.

Cadastro de Observações de Ordem de Serviço